segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Dia do Pijama na BE- botões invisíveis, sonhos e memórias...

Tem decorrido na biblioteca da escola a segunda parte da atividade de exploração do livro O botão invísível, da instituição Mundos de Vida, promotora do Dia do Pijama.

As turmas envolvidas no projeto que tinham vindo à BE ouvir e participar em parte da história puderam na semana passada conhecer o final e, tal como pedimos, falar dos seus sonhos. Para isso, trouxeram a pulseira do botão com poderes especiais que a bisavó Maria do Céu lhes enviou pessoalmente. Quem nele carrega, e se estiver bem atento, descobre o seu sonho. Ou vários...

Acompanhadas das professoras, as turmas 1ºA, B, C e D, 2ºA, B, C e D e 4ºA fizeram bem o TPC: sonhar! E têm partilhado os mais incríveis desejos. De futebolista a bailarina, estilista, médico, modelo, piloto, cantora, construtor de máquinas, empresário, eletricista, bom aluno, professor, unicórnio, fada, cão polícia, peixe- há quem queira ser tudo. Há também os que querem um mundo sem guerras, e quem queira voar, ou ser como a mãe, ou passar para o terceiro ano, ter uma boa família, conhecer o mundo inteiro, ter um drone para ver a natureza e ajudar a protegê-la...

O Dia do Pijama, comemorado a 20 de novembro, coincidindo com o Dia Internacional dos Direitos das Crianças, é mesmo isso- um dia para lembrar, através de atividades lúdicas e educativas, o direito ao sonho, a crescer numa família, a ter as mesmas oportunidades. Um dia, também, em que as crianças tomam consciência de que podem ajudar outros meninos.

Nas últimas semanas, ajudaram-nos a entrar num mundo mágico, a lembrar como não devemos perder o nosso sonho e o que temos de fazer para o seguir.  Têm-nos trazido uma mão cheia de desejos maravilhosos, e depois lá vão, seguindo o seu sonho, que é como quem diz: metidos com os seus botões.







Jardinando leitura

O 3ºD jardinando (foto da profª Helga Peso)

A Biblioteca Municipal, em parceria com a biblioteca escolar, promoveu a semana passada uma oficina de leitura subordinada ao tema da natureza e dos jardins, "Jardinando Leitura". As turmas 3ºA e 3ºD da EB1 estiveram  na BM da Venda do Pinheiro para duas sessões dirigidas pela mediadora Andreia Brites e que culminaram na criação de uma flor feita de palavras. 

O entusiasmo foi tanto que a atividade não coube numa sessão e os pequenos jardineiros de palavras continuaram na sala de aula...

Poemas da mentira e da verdade


Foto da profª Sandra Martins: o 3ºA à
 (re)descoberta da poesia
Nas sessões regulares de leitura na biblioteca, as turmas de 3º ano têm-se divertido com o livro Poemas da mentira e da verdade, de Luísa Ducla Soares.


Obra de leitura recomendada para este ano de escolaridade, apresenta um conjunto de poemas que nos têm posto a pensar no que será aqui a "verdade" ou a "mentira"e  nos têm ajudado a rever as características de um poema.


       Além disso, e como os nossos meninos têm alma de poeta, tiveram de escrever  um poema
       seguindo o molde de "Alfabeto sem juízo", que lemos em  conjunto e que fez as delícias de todos.
        Venham daí esses poemas cheios de imaginação e rimas engraçadas!

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

From Budapeste, with love


A turma 4ºC e a professora Sílvia Machado receberam hoje um correio muito especial. Da Hungria chegaram os marcadores que os amigos húngaros fizeram! 
O projeto internacional de troca de marcadores de livros, coordenado pela biblioteca, nasce de uma ideia da IASL (International Association of School Librarianship)  e desenvolveu-se ao longo do mês de outubro para comemorar o Mês Internacional da Biblioteca Escolar.

foto da profª Sílvia

Na escola, foram 4 as turmas selecionadas para esta iniciativa (1ºC, 2º A, 3º/4ºE e 4ºC) e trocamos agora as fantásticas criações dos nossos artistas-leitores.



O Jardim Infantil já lê!

Capa, lombada, contracapa?... Isso é facílimo! Ir à biblioteca com o pai ou a mãe?... Isso claro que vamos! O que se pode fazer numa biblioteca?... Sim, sabemos!

  
foto retirada de  http://bibliotecas.cm-loures.pt
  Pois é, a D. Historinha está delirante com os meninos do JI da   Venda do Pinheiro. As Salas Amarela, Azul, Encarnada e Verde   (com as educadoras Isabel Siva, Alexandra Costa, Teresa Abreu e   Susana Rocha) vieram esta semana à biblioteca da EB1. Além de  visitarem o espaço e olharem para tudo muito atentamente, ouviram a história de Lucy Cousins, Maisy vai à biblioteca, sobre alguém que gosta muito de ler e procura um lugar calmo e agradável para o fazer... Divertiram-se com a leitura e as ilustrações e mostraram que sabem muito sobre livros... até já sabem reconhecer algumas letras! 
E os nossos ratinhos de biblioteca vão voltar em breve, para levarem livros emprestados, que é uma coisa fantástica das bibliotecas. Ah, claro, mas isso já os meninos sabiam...


quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Feira do livro no JI


Em parceria com o Jardim Infantil da Venda do Pinheiro, a biblioteca da EB1 promove amanhã, dia 17, uma feira do livro com livros recomendados pelo Plano Nacional de Leitura para o pré-escolar, a par de novidades de várias editoras.


Entre as 14h e o final da tarde, a Mais Cultura, responsável pela organização e dinamização do evento, divulgará junto das crianças e educadoras os livros disponíveis para aquisição e contará uma pequena história. 


Pais, atenção, que os meninos estão ávidos de leitura e os livros têm descontos! Que belas e divertidas aventuras de fim de semana se adivinham...

terça-feira, 14 de novembro de 2017

O S. Martinho foi à EB1

Mercado tradicional de produtos da terra e outros confecionados por membros da comunidade educativa, dança, música, trajes saloios, rifas, provérbios e curiosidades sobre o Dia de S. Martinho e as castanhas que lhe estão associadas- de tudo e com todos se fez a festa na sexta-feira, dia 10.



Frutos da pesquisa da biblioteca escolar:
lendas, provérbios, curiosidades sobre as castanhas e
o Dia de S. Martinho
A escola abriu portas  ao habitual encontro  de alunos, familiares,  professores e assis-tentes operacionais, numa tarde  em que aquecemos o  coração com o convívio, pois neste caso as palavras são como as castanhas: quentes e boas!

                 
           Obrigada à repórter fotográfica,
           profª Ana Guedes